Quase 4 milhões de crianças latino-americanas não têm acesso à escola primária

Quase 4 milhões de crianças latino-americanas não têm acesso à escola primária

Santiago do Chile (Agência Fides) - Mais de 50% dos países da América Latina e do Caribe conseguiram ter acesso à educação primária, embora, infelizmente, ainda existem cerca de 4 milhões de crianças excluídas do processo educacional. É o que relata um estudo recente divulgado pela Unesco divulgado em Santiago, Chile. Paraguai e Guiana são os países mais atrasados onde 20% das crianças não frequentam a escola. Além disso, com exceção do Brasil e Guatemala, mais de 20% das pessoas que começam os estudos não concluem o ensino secundário. Nos países da América Latina o analfabetismo ainda é um problema social, com 33 milhões de pessoas nestas condições, das quais 55% são mulheres. Bolívia, Peru e Suriname são os países que nos últimos anos fizeram mais progressos. (AP) (16/4/2015 Agência Fides)

Popular Posts