Centenas de mortos em confrontos; refugiados civis em igrejas

ÁFRICA/REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA - Situação dramática no Sudeste: centenas de mortos em confrontos; refugiados civis em igrejas e mesquitas

Bangui (Agência Fides) - São mais de 130 os mortos em Alindao no sudeste da República Centro-Africana, causados por grupos armados que atacaram também Bangassou (localizada 230 km a leste de Alindao), onde seis Capacetes Azuis foram mortos em dois ataques separados.

Fontes locais da capital referem à Agência Fides que “em Bangui a situação é tranquila. Em Bangassou ainda não se tem o balanço preciso, mas se fala de dezenas de mortos e a tensão permanece elevada. Há refugiados em igrejas e mesquitas. Tanto o Bispo de Bangassou quanto o de Bangui estão tentando fazer alguma coisa para deter o combate”.

Os grupos armados responsáveis pela violência que nas últimas duas semanas atingiram algumas áreas do país, “são grupos não bem identificados, semelhantes aos anti-Balaka que muitas vezes tomam de mira soldados da ONU”, referem as fontes.

O exército centro-africano (FACA) acaba de terminar a formação, “mas permanece sem armas e é incapaz de restabelecer a ordem”, concluem as fontes. (L.M.) (Agência Fides 15/5/2017)


Obrigado por compartilhar esta postagem em sua rede social.