"Traidor da Constituição é Traidor da Pátria" - Ulyses Guimarães

Nas palavras de John Adams, o segundo presidente dos EUA, a constituição americana foi concebida para criar um governo baseado nas leis e não nos homens. Estamos em 1787. Hoje isso nos parece normal, mas em 1787, quando a constituição foi escrita, era uma idéia revolucionária. Naquela época, em outras partes do mundo a lei era o que o Rei determinasse.

Um século depois da constituição americana ter sido escrita, William Gladstone, quatro vezes primeiro-ministro da Grã-Bretanha, declarou que ela era "a obra mais maravilhosa jamais realizada pelo cérebro humano em favor do homem." Gladstone admirava a Constituição pelo precedente que ela estabelecia: a autoridade mais elevada do país seriam as palavras de um documento e não mais os ditames de uma pessoa.

Temos que admirar e nos pautar com o mesmo orgulho da nossa constituição mais democrática, ainda que tardia, porque ela nos custou muito. (Veja o vídeo abaixo.).

Nesta crise do escandalo Temer, lembremos as palavras de Ulysses Guimarães ao promulgar a nossa constituição e sejamos fiel à nossa constituição sem nos deixarmos levar pelos oportunistas radicais ou revanchistas ou pela insegurança. Afinal já estamos bem longe de 1787 para não termos já uma atitude de firme defesa da nossa democracia baseada na constituição.

Seria bom também:
  1. Evitar de comprar Havaianas, carnes Friboi e Seara mandando um recado para todos o que se consideram acima da leia.
  2. Continuar apoiando a Lava-Jato, o Rodrigo Janot, o STF de Carmem Lúcia e Fachin 
  3. E vamos lutar para que os crime de corrupção sejam considerados hediondos e essas pessoas que roubaram, principalmente, mas não somente da saúde, sejam condenadas por crime contra a humanidade. O não atendimento sistemático por falta de verbas desviadas da saúde, facilmente caracteriza crime contra a humanidade. Mas todos os crimes de corrupção são crime contra a humanidade ao prejudicar de modo sistemática a vida dos brasileiros em várias esferas e modos empatando e prejudicando muitas vidas.

Trechos do Discurso da Promulgação da nossa Constituinte de 1988.


"Traidor da Constituição é traidor da Pátria. Conhecemos o caminho maldito. Rasgar a Constituição, trancar as portas do Parlamento, garrotear a liberdade, mandar os patriotas para a cadeia, o exílio e o cemitério. Quando após tantos anos de lutas e sacrifícios promulgamos o Estatuto do Homem da Liberdade e da Democracia (constituição) bradamos por imposição de sua honra.

Temos ódio à ditadura. Ódio e nojo. (...) A moral é o cerne da pátria. A corrupção é o cupim da República. República suja pela corrupção impune toma nas mão de demagogos que a pretexto de salvá-la a tiranizam." Não roubar, não deixar roubar, por na cadeia quem roube, eis o primeiro mandamento da moral pública. Temos ódio à ditadura. Ódio e nojo. (...). A Constituição pretende ser a voz, a letra, a vontade política da sociedade rumo à mudança. Que a promulgação seja o nosso grito.  Mudar para vencer. Muda Brasil."



Obrigado por compartilhar esta postagem em sua rede social.